Implantes Faciais em São Paulo

Implantes faciais: mais equilíbrio e beleza para o rosto


Você sente que seu rosto não é harmônico e poderia ser melhorado? Os incômodos relacionados a problemas na face são muitos e incluem queixo pequeno, mandíbula pouco definida ou ausência de contorno na face, mas isso tem solução: os implantes faciais.

Esse tipo de procedimento traz harmonia e beleza ao rosto, que fica mais simétrico. Ele corrige inúmeras condições, que podem atingir queixo, mandíbula, maçãs do rosto e outras estruturas.

Se você desconfia de que esse seja o seu problema, a seguir, explicamos melhor os tipos de implantes faciais e abordagens para cada caso. Acompanhe:


Quem pode fazer um implante facial

Pessoas que tenham algum tipo de desproporcionalidade na face, incluindo queixo rebaixado, maçãs do rosto ou mandíbula sem definição, são elegíveis para o implante facial. 

Esse procedimento, quando realizado por um especialista membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, traz à face contornos bem definidos, visíveis e ângulos naturais.

Geralmente, o implante de face atinge as regiões das maçãs do rosto, queixo e mandíbula. Entretanto, qualquer área do rosto pode ser corrigida com implantes, se necessário. 

Confeccionados com material biocompatível, esses implantes melhoram diversas características da face. Seu tipo e tamanho dependem da avaliação do cirurgião plástico, porém, em geral, os implantes se resumem a:


Implantes de queixo

São ideais para aumentar o tamanho do queixo pouco projetado, ou seja, que não é proporcional à testa e ao terço médio da face. 


Implantes de mandíbula

Por vezes, é necessário aumentar a largura do terço inferior do rosto. Isso porque uma mandíbula que não é demarcada dá a impressão de que a face continua no pescoço. Tal característica, por si só, traz desequilíbrio facial. 

Implantes de malar (maçãs do rosto)

Eles aumentam a projeção das maçãs do rosto, acrescentando volume a essa região. São ideais para quem tem as maçãs do rosto pouco marcadas e planas.


Riscos do implante de face


Como qualquer procedimento, o implante de face traz riscos à saúde do(a) paciente. Embora sejam poucos, eles incluem possibilidade de sangramento, infecções, acúmulo de líquidos ou má cicatrização.

Dormência ou alterações de sensibilidade, bem como assimetria, inchaço prolongado, flacidez residual, dor persistente e até a necessidade de um novo procedimento são possibilidades.

Diante desses riscos, é cada vez mais importante se consultar com um médico experiente e reconhecido.

Dr. Laertes Thomaz Junior é membro da Sociedade Brasileira e Americana de Cirurgia Plástica. Com anos de experiência e inúmeras especializações, ele é altamente credenciado para realizar implantes faciais com riscos reduzidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish