Plástica Combinada: Matéria Revista “Plástica & Beleza”

Quem pensa em realizar uma intervenção cirúrgica em seu corpo, não pensa em fazer apenas uma, mas sim, pelo menos uma. A correção de desvio de septo geralmente é realizada junto com a rinoplastia, a abdominoplastia junto com a lipoaspiração, e assim por diante. Logo, quem deseja fazer a bichectomia, que tem sido a cirurgia do momento, já pesquisa qual a outra cirurgia que poderá ser realizada em parceria com ela.

Fazer essas cirurgias de uma única vez é a solução para muitos dos problemas de quem deseja um visual novo. Porém, antes de sair programando essas cirurgias, é preciso avaliar quais que poderão ser associadas. O cirurgião plástico Laertes Thomaz Junior conversou com a revista Plástica&Beleza para esclarecer essas dúvidas.

A vantagem de realizar uma cirurgia plástica combinada é a possibilidade de passar por apenas um período pós-operatório, sem citar o efeito que uma cirurgia terá na outra: uma melhora no seu corpo em dose dupla. Neste caso, a desvantagem está no aumento do tempo cirúrgico, além dos riscos envolvidos durante e no pós-operatório, por ser mais prolongado e, consequentemente, desconfortável. Na teoria, qualquer cirurgia pode ser associada à outra, mas algumas, se combinadas, apresentam um melhor resultado na região.

Para continuar lendo essa entrevista, clique aqui.

Agende sua Consulta

EnglishPortugueseSpanish