2 em 1: duas cirurgias plásticas de uma única vez!

Quem sonha em fazer uma cirurgia plástica para deixar seu corpo mais bonito, também sabe que o pós-operatório será um processo longo e, no início, desconfortável. Por esse motivo, diversas pessoas aliam uma cirurgia plástica com a outra a fim de obter um melhor resultado em mais de uma área do corpo, evitando assim sofrer 2 vezes. Porém nem todos os procedimentos podem ser aliados.  Em entrevista a Revista Plástica&Beleza, o cirurgião plástico Laertes Thomaz Junior explica sobre este procedimento conhecido como plástica combinada.

O fato de aliar esses procedimentos traz suas vantagens e desvantagens. A vantagem de realizar esse procedimento é que o pós-operatório será “sentido” uma única vez. “Esse procedimento cria a possibilidade de passar por apenas um período pós-operatório e o efeito que uma cirurgia terá na outra melhora do resultado final de ambas”. No entanto, a desvantagem é que aumentam os riscos no procedimento cirúrgico. “Além de aumentar o tempo da cirurgia, aumentam também os riscos durante a cirurgia, o que gera um pós-operatório mais prolongado e desconfortável. Temos que sempre levar em conta a saúde da paciente antes da cirurgia, por isso a avaliação pré-operatória é de fundamental importância neste aspecto.”

Já que existem essas desvantagens, como saber quais procedimentos poderão ser associados? “A princípio qualquer cirurgia e procedimento podem ser associados, mas existem alguns que são mais usualmente combinados por trazerem um resultado melhor da região tratada”. As cirurgias que geralmente costumam ser realizadas combinadas são as mais procuradas nos centros clínicos. São elas:

Antes de decidir qual a melhor cirurgia para fazer em conjunto, converse com o médico para que os exames pré-operatórios sejam realizados e juntos tomem a decisão.

Agende sua Consulta

EnglishPortugueseSpanish